diagnósticos de varizes

DIAGNÓSTICOS DE VARIZES

A função das veias é conduzir o retorno do sangue ao coração. Quando as veias superficiais se dilatam e se tornam tortuosas, esse trabalho é prejudicado e aparecem as varizes, que além do aspecto inestético, podem causar sintomas incômodos e complicações.

A identificação das varizes é feita com precisão através de equipamentos como o Fleboscópio e o Ultrassom com Doopler Colorido. Esses aparelhos avaliam a profundidade e o calibre dos vasos doentes, auxiliando o médico especialista na análise do melhor tratamento. O doppler ajuda na identificação de problemas na veia safena, por exemplo, e muitas vezes é requerido pelo próprio convênio, para autorização das cirurgias.
Assim, ele não faz diagnóstico, e sim, ajuda na programação da cirurgia, nem sempre havendo a necessidade da realização do mesmo.

Para que serve o Fleboscópio?

É um aparelho que atua tendo como princípio a transiluminação. Ajuda na visualização de vasos subcutâneos, auxilia no exame de pacientes com doença varicosa e facilita a localizacão de microvarizes e varizes dos membros inferiores. Ele também detecta e mostra a presença de veias nutridoras de telangectasias (vasinhos) resistentes à escleroterapia (secagem), além de auxiliar na marcação pré-operatória de varizes.

O que é Doppler Colorido?

 

É um tipo de ultrassonografia, que permite mapear todo o sistema venoso do paciente, identificando os vasos, seus calibres e também se estão funcionando adequadamente. É um exame indolor e não invasivo que é capaz de avaliar as veias superficiais e profundas.